Corrigindo o vim bootstrap

Posted on Thu 11 February 2016 in Vim

logo-vim

Introdução

O intuito deste post é trazer problemas que tive durante a instalação do vim-bootstrap e a solução dos mesmos.

Acredito que minhas dúvidas podem ser de outros também.

Só para referência, sou usuário xubuntu, ou seja, meu ambiente gráfico é o xfce.

Utilizo o vim na versão 7.4, o git na versão 2.5.0. Estas informações são necessárias pois soluções podem divergir por versão.

FAQ

Open github file/line (website), if used git in github não funciona ?

O que acontece é que é necessária mais uma configuração para que este recurso funcione, isto já foi reportado através da issue #170.

Primeiro devemos criar/editar o arquivo .gitconfig e adicionar a seguinte configuração.

[alias]
    url =! bash -c 'git config --get remote.origin.url | sed -E "s/\\\\.git//g"'

Adicionado esta configuração, por conta do meu ambiente gráfico, é necessário trocar comando no .vimrc para:

noremap ,o :!echo `git url`/blob/`git rev-parse --abbrev-ref HEAD`/%\#L<C-R>=line('.')<CR> \| xargs xdg-open<CR><CR>

Trocamos o open por xdg-open e agora o comando deve funcionar.

Copiar e colar na área de transferência do sistema operacional não funciona.

O vim-bootstrap faz o mapeamento da combinação de teclas para copia do texto para a área de trasnsferência do sistema operacional através do YY, porém caso só tenha instalado o pacote vim, ele nao tera a opção +clipboard e este recurso não funciona.

A solução simples é a instalçao do pacote vim-gtk, ainda que não o utilize diretamente.

Ao copiar e colar códigos python, a palavra import se duplica.

Isto é um problema com o plugin jedi para python, e a solução é adição da seguinte linha à configuração:

let g:jedi#smart_auto_mappings = 0

Fiz uma configuração com suporte a linguagem GO, mas não parece ter funcionado.

Para que o plugin go-vim esteja em perfeito funcionamento, o caminho da variável de ambiente GOPATH, deve estar bem configurado e em um diretório com permissões necessárias. Minha solução que funciona no ubuntu é a adição das seguintes linhas ao bashrc ou zshrc:

export GOPATH=$HOME/go
export PATH=$PATH:$GOROOT/bin:$GOPATH/bin

Uma outra ação que pode ser necessária é rodar o comando GoInstallBinaries.

Ao tentar comentar blocos de código em templates html com filetype jinja ou django, a notação de comentário está incorreta.

Isto é um problema com o plugin vim-commentary, mas a solução é dita no próprio plugin. O que acontece é que o plugin não reconhece o filetype e não sabe qual sintaxe de comentário destes arquivos.

A correção é através da adição das seguintes linhas no .vimrc:

autocmd FileType htmldjango set commentstring={#\ %s\ #}
autocmd FileType jinja set commentstring={#\ %s\ #}

Conclusão

Espero ter ajudado, quem tiver interesse em ver todas as minhas configurações elas estão públicas neste repositório.

Também não podia deixar de falar no excelente vimbook, em pt-br, que estou portando para o gitbook, para que em breve tenhamos uma versão .epub, .mobi e .pdf.

[]'s